Rio Branco, Acre, 30 de dezembro de 2011

“Câmara de Vereadores do Jordão pode desabar a qualquer momento”, avisa vereador

Jairo Carioca 30/12/2011 08:09:33

Os vereadores do Jordão vivem o mesmo drama dos parlamentares do município de Rio Branco: eles não têm local próprio de trabalho.

A sede do parlamento no município construída de tijolo maciço existe há 25 anos e pode desabar a qualquer momento, segundo o Presidente da Câmara, o vereador Francisco Alves Morais, o Chicão (PC do B).

“Já procurei a Assembleia Legislativa, o governo do estado, mas não resolveram nada. Faça esse apelo aí meu irmão”, disse por telefone o vereador.

Segundo o vereador Chicão, quando chove dentro do prédio fica tudo molhado. “Já até perdemos documentos importantes”, informa.

A parte feita de madeira está tomada de cupins e a alvenaria comprometida devido o tempo de construção do prédio.

O parlamentar acredita que para construir o prédio sejam necessários R$ 160 mil, mas a Câmara não tem esse dinheiro. O parlamento municipal trabalha com um orçamento mensal de R$33 mil, para pagamento do salário dos vereadores e servidores da Casa.

“Ainda não sabemos para onde iremos depois que voltarmos do recesso”, avisa o parlamentar.

 


[yottie id="1"]


Veja Também


Ac24Horas – Portal de notícias do Acre

“Câmara de Vereadores do Jordão pode desabar a qualquer momento”, avisa vereador