Conecte-se conosco
Fechar

Besouro transmissor da doença de chagas continua sendo encontrado na região do antigo Distrito Industrial em Rio Branco

Publicado

em

Apesar do trabalho de borrifação e monitoramento constante pela Vigilância Epidemiológica do Acre, para acabar com o inseto Barbeiro, [transmissor da doença de chagas], encontrado em muitas residências dos bairro Mocinha Magalhães e Rio Lino II, é comum os moradores se depararem com os insetos em terrenos baldios e dentro das próprias casas.

Na manhã desta quarta-feira (09), por exemplo, o mecânico Reginaldo Moraes procurou a redação do ac24horas, trazendo consigo dois desses insetos, acreditando ser o transmissor da doença de chagas.

Procurada, a coordenadora estadual de Vigilância Epidemiológica do estado Izanelda Magalhães, confirmou que no antigo Distrito Industrial de Rio Branco vem sendo investigado minuciosamente dado a grande incidência do inseto na região.

Segundo Izanelda, “ontem dois especialistas em entomologia vindos de Brasília desembarcaram no Acre e ainda hoje eles estarão em campo na região do Distrito, para investigar esses casos. Felizmente os insetos encontrados até o momento não estão contaminados com o vetor da doença de chagas”, garante.

Salomão Matos – da redação do ac24horas, em Rio Branco-AC

Continuar lendo
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Acre

Alan Rick aprova relatório que prioriza auxílio ao consumidor na fiscalização da vigilância sanitária

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Deputado Angelim defende mais respeito e solidariedade às pessoas com deficiências

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Policial civil do Acre é condenado por facilitar fuga de detido e ocultar provas de crimes

Publicado

em

Continuar lendo
Publicidade

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.